Sitio

Blog

FORMAÇÕES PREVISTAS (2.ª fase 2019)

FORMAÇÕES PREVISTAS (2.ª fase 2019)

Início: outubro/novembro/dezembro

Fase de inscrições: de 23 a 31 de outubro, com incrições limitadas ao numero de vagas

Quadro Resumo

 

Nome

Modalidade

Duração

Calendarização

Local

Destinatários

Formador

Práticas de gestão e diferenciação pedagógica para uma escola inclusiva

Oficina de Formação

15+15 horas

27-11-2019

04-12-2019
08-01-2020
29-01-2020

05-02-2020 (19:00-22:00)

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Carlos Simões

Mentor: Tutorias Autorregulatórias

Curso de Formação

e-learning

25 horas

05; 12; 19; 26 de novembro
03; 10 de dezembro
07; 14 janeiro 2020

 CFAE

e-learning

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

*por indicação dos Diretores dos AE

Dina Nogueira

Supervisão, e Avaliação de Docentes: da Teoria à prática

Curso de Formação

15 horas

Início a 30-10-2019, das 14:30h às 17:30h.

6 e 13 de novembro e a ultima sessão a agendar.

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

*Avaliadores Externos

Maria João Mogarro

Domínios de Autonomia Curricular: planificação, conceção, avaliação

Oficina de Formação

15 +15 horas

6, 13, 20 de novembro e 4 e 11 de dezembro

Agrupamento de Escolas D. João II

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

*Agrupamento de Escolas D. João II

Dora de Jesus

Construção e Aplicação de Recursos Didáticos Digitais no ensino e aprendizagem da História e da Geografia

Oficina de Formação

25+25 horas


07; 14; 21;28 novembro

05, 12 e 19 de dezembro

Agrupamento de Escolas Atouguia da Baleia

Professores dos Grupos 200, 400, 420

Dimensão Científico-Pedagógica

Ana Batalha

Construir recursos educativos de suporte à avaliação formativa

Oficina de Formação

12,5+12,5 horas

20 de novembro

Restantes sessões a agendar

Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Cristina Santos

XIII Congresso Nacional de CFAE

XIII Congresso Nacional de CFAE

Abertura de inscrições para o XIII Congresso Nacional de CFAE, Mangualde

XIII Congresso Nacional de CFAE irá realizar-se nos dias 14 e 15 de outubro de 2016 em Mangualde, numa organização dos CFAE da Região Centro. Sob o lema "Formação Contínua - pensar o presente, perspetivar o futuro”, tem como principais objetivos:
- Conhecer a realidade da formação contínua de professores na Europa;
- Refletir sobre o contexto da formação contínua de professores em Portugal;
- Analisar os procedimentos dos CFAE, no sentido do aperfeiçoamento das suas práticas;
- Contribuir para a afirmação dos CFAE no processo de melhoria da qualidade das aprendizagens.
Este Congresso Nacional, organizado após a publicação de relevante legislação sobre a formação contínua e o funcionamento dos CFAE, adota um modelo de simbiose entre momentos de plenário e de workshop. O cronograma, diferente do habitual, facilita a deslocação dos congressistas provenientes de diferentes pontos do país. 
São destinatários deste evento: Diretores de CFAE e Diretores de Escola/Agrupamento; elementos da Secção de Formação e Monitorização das Comissões Pedagógicas; Consultores e Assessores de CFAE; Formadores; Docentes e ainda elementos de entidades/instituições que colaboram com os CFAE.
A participação de conferencistas de reconhecido mérito nacional e internacional reforça a importância deste evento para o desenvolvimento pessoal e profissional dos participantes. De referir ainda que contamos com a presença de Sari Lantto, Diretora de uma escola secundária do Norte da Finlândia, distinguida pela Apple em 2015 (Apple Distinguished Educator).  Cartaz --» 
Mais informações e inscrições: www.cfaesdocentro.org/xiiicongresso 

Oferta Formativa | Encerramento do Ano letivo 2015/2016


Informamos todos os docentes interessados que se encontram abertas as inscrições para as ações de formação certificadass pelo Conselho Científico da Formação Contínua.
As inscrições estão sujeitas ao nº de vagas atribuídas para cada uma, respeitando-se, como critério de seleção a conformidade dos destinatários e a ordem de inscrição.

 

01 | Designação da ação de formação:
“A Saúde Escolar na Promoção do Sucesso Educativo”


Registo CCPFC/ACC-86670/16 - Modalidade: Curso de Formação – 25 horas de Formação Presencial
Calendarização e Local: Dias 11, 12 e 13 de julho – Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro – Caldas da Rainha
Destinatários: Educadores de Infância; Docentes do Ensino Básico e Secundário (todos os Grupos disciplinares); Docentes de Educação Especial.
Programa: Conferências; Workshops; Partilha de Boas Práticas.
Programa e Inscrições em:
http://www.cfaecentro-oeste.pt/index.php/pt/component/rseventspro/acontecimento/385-16nf2016-a-saude-escolar-na-promocao-do-sucesso-educativo

 

02 | Designação da ação de formação:
“Estudo do Meio: Património Natural e Património Cultural”


Registo CCPFC/ACC-85616/16 – Modalidade: Curso de Formação – 25 horas Formação Presencial.
Calendarização e Local: 04, 05, 06 e 08 de julho | Caldas da Rainha; Atouguia da Baleia e Bombarral.
Destinatários: Professores dos ensinos Básico e Secundário
Programa: Conferências, Visitas de Estudo e Trabalho de Campo.
Programa e Inscrições em:
http://www.cfaecentro-oeste.pt/index.php/pt/component/rseventspro/acontecimento/387-18nf2016-estudo-do-meio-patrimonio-natural-e-patrimonio-cultural

 

03 | Designação da ação de formação:
“Coleções de cerâmica caldense”


Registo de Acreditação: CCPFC/ACC-87097/16 – Modalidade: Curso de Formação; 25 horas de Formação Presencial.
Calendarização: Dias 4, 5, 6, 7 e 8 de julho.
Destinatários: Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário.
Programa: Conferências e Visitas de Estudos-Trabalho de Campo.
Programa e Inscrições em:
http://www.cfaecentro-oeste.pt/index.php/pt/component/rseventspro/acontecimento/388-19nf2016-colecoes-de-ceramica-caldense

Vamos inovar!

 

 

Número da Ação

01CO2016

Registo de acreditação

Modalidade: Sessões abertas

 

Duração e Créditos

Horas Presenciais: 2 horas

Horas de Trabalho Autónomo: 0 Horas

Total de Créditos: 0 Créditos

Formadores responsáveis

Carla Susana C. de Jesus

 

Destinatários

Destinatários de acordo com o artigo 5º, do Regime Jurídico da Formação Continua de Professores:  Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Nº de Formandos:

Mínimo: 05 - Máximo: 16

Critérios de seleção

 

1.Docentes em exercício de funções na área de intervenção do CFAE, por ordem de Inscrição

 

 

Conteúdos

 

 Orientação a qualquer professor que pretenda iniciar/alargar a utilização das tecnologias na sua prática letiva, com vista à melhoria dos resultados escolares e ao desenvolvimento das competências do século XXI por parte dos seus alunos. Um professor pode, individualmente ou em grupo, trazer questões relacionadas com programas informáticos que já use ou que pretenda vir a usar na preparação das aulas, na avaliação dos alunos ou na elaboração de atividades de aprendizagem. 

 

Avaliação dos formandos

Sem avaliação

Calendarização/

Horário

A divulgar

Local de realização

Escola Secundária Rafael Bordalo PInheiro

Sala:

Laboratório de Ciência Viva Digital de Caldas da Rainha

 

Efectuar Inscrição

Deverá estar autenticado para ter acesso ao formulário.

Formação ao ao abrigo do Despacho n.º 5741/2015

Ao iniciar o ano letivo de 2015|16 desejamos a todos os nossos associados, colaboradores,  amigos e parceiros institucionais, os melhores votos de um Excelente novo Ano Letivo.

 

Iniciamos o ano com um conjunto de eventos formativos, certificados e acreditados ao abrigo do Despacho n.º 5741/2015

 

 

 

 

Workshop: Tecnologias e ambientes interativos na Sala de Aula do Futuro: partilha de boas práticas

3 de setembro 2015 – Atouguia da Baleia

(organizado pelo AE de Atouguia da Baleia e pelo CFAE)

 

 1.as Jornadas Psicopedagógicas do concelho do Cadaval, sobre "Gestão de Conflitos",   organização conjunta da Câmara Municipal do Cadaval, do Agrupamento de Escolas do Cadaval e do  CFAE Centro-Oeste
 Dia 03 de setembro no Auditório dos Bombeiros Voluntários do Cadaval

Oferta Formativa a Distância para os 2.º , 3.º ciclos e Ensino Secundário

Ministério da Educação e Ciência

Regulamenta a modalidade de oferta educativa e formativa de Ensino a Distância para os alunos dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário e revoga aPortaria n.º 812/2010, de 26 de agosto.

Portugal na balança de Abril - O Pulsar da Revolução*

Portugal na balança de Abril
O Pulsar da Revolução*
*Centro de Documentação 25 de Abril

16 de Março
•Os capitães do Regimento de Infantaria 5 das Caldas da Rainha tomam o comando do Quartel e de madrugada avançam, sob o comando do capitão
 Armando Ramos, sobre Lisboa. O MFA não consegue impedir a saída das unidades próximas de António de Spínola, agitadas pela demissão deste e de Costa Gomes. Cerca de 200 militares são presos, entre os quais Almeida Bruno, Manuel Monge, Casanova Ferreira, Armando Ramos e Virgílio Varela.

18 de Março 
• A Comissão Coordenadora divulga um Comunicado (2/74) redigido por Otelo Saraiva de Carvalho e Vítor Alves acerca do golpe das Caldas e sua importância para o Movimento.
•O jornal República publica na sua página desportiva uma mensagem de confiança dirigida "aos muitos nortenhos que no fim de semana avançaram até Lisboa, sonhando com a vitória" para concluir que "perder uma batalha não significa perder a guerra".
• Encontro de Otelo Saraiva de Carvalho com Vítor Alves e Melo Antunes, tendo ficado este encarregado da redação de uma espécie de programa político, a partir da circular 2/74 e do manifesto O Movimento as Forças Armadas e a Nação, mas que aclarasse o sentido político e pormenorizasse os objetivos do Movimento.

19 de Março
•António de Spinola recusa encontrar-se diretamente com uma delegação de pára-quedistas, para uma reunião sugerida por Otelo Saraiva de Carvalho a António Ramos, dada a urgência e a necessidade de se coordenarem esforços. O General aceita, porém, ser representado nesses contatos por Rafael Durão.

20 de Março
•Reunião do Movimento na Parede. Perante a determinação do Movimento e a intransigência do Governo, conclui-se pela probabilidade de triunfo de um movimento militar razoavelmente organizado. Foi decidido:
- Elaborar um plano de operações viável, cuidado e tão completo quanto possível.
- Escolher em todos os sectores da orgânica do Movimento, um elemento-sombra para todos os elementos em funções.

20 de Março
•Reunião do Movimento na Parede. Perante a determinação do Movimento e a intransigência do Governo, conclui-se pela probabilidade de triunfo de um movimento militar razoavelmente organizado. Foi decidido:
- Elaborar um plano de operações viável, cuidado e tão completo quanto possível.
- Escolher em todos os sectores da orgânica do Movimento, um elemento-sombra para todos os elementos em funções.

22 de Março 
Reunião de alguns membros do Movimento em casa de Vítor Alves. Presentes elementos dos três ramos das Forças Armadas: Melo Antunes, Otelo Saraiva de Carvalho, Hugo dos Santos, Almada Contreiras, Cunha Lauret. Melo Antunes dá a conhecer a primeira versão do programa político do Movimento, que merece a aprovação de todos os presentes. Devido à sua partida para os Açores, entrega o documento a Vítor Alves, para o trabalhar com o gabinete escolhido para o efeito. Combina ainda com Otelo Saraiva de Carvalho um telegrama em código que o informe do início das operações.

28 de Março 
•Marcelo Caetano na sua última «Conversa em família» assume um tom premonitório: "fica-me a tranquilidade de ter sempre procurado cumprir diretamente o meu dever para com o país".

 


Foto: Portugal na balança de Abril O Pulsar da Revolução**Centro de Documentação 25 de Abril16 de Março•Os capitães do Regimento de Infantaria 5 das Caldas da Rainha tomam o comando do Quartel e de madrugada avançam, sob o comando do capitão Armando Ramos, sobre Lisboa. O MFA não consegue impedir a saída das unidades próximas de António de Spínola, agitadas pela demissão deste e de Costa Gomes. Cerca de 200 militares são presos, entre os quais Almeida Bruno, Manuel Monge, Casanova Ferreira, Armando Ramos e Virgílio Varela.18 de Março • A Comissão Coordenadora divulga um Comunicado (2/74) redigido por Otelo Saraiva de Carvalho e Vítor Alves acerca do golpe das Caldas e sua importância para o Movimento.•O jornal República publica na sua página desportiva uma mensagem de confiança dirigida "aos muitos nortenhos que no fim de semana avançaram até Lisboa, sonhando com a vitória" para concluir que "perder uma batalha não significa perder a guerra".• Encontro de Otelo Saraiva de Carvalho com Vítor Alves e Melo Antunes, tendo    ficado este encarregado da redação de uma espécie de programa político, a partir da circular 2/74  e do manifesto O Movimento as Forças Armadas e a Nação, mas que aclarasse o sentido político e pormenorizasse os objetivos do Movimento.19 de Março•António de Spinola recusa encontrar-se diretamente com uma delegação de pára-quedistas, para uma reunião sugerida por Otelo Saraiva de Carvalho a António Ramos, dada a urgência e a necessidade de se coordenarem esforços. O General aceita, porém, ser representado nesses contatos por Rafael Durão.20 de Março•Reunião do Movimento na Parede. Perante a determinação do Movimento e a intransigência do Governo, conclui-se pela probabilidade de triunfo de um movimento militar razoavelmente organizado. Foi decidido:- Elaborar um plano de operações viável, cuidado e tão completo quanto possível.- Escolher em todos os sectores da orgânica do Movimento, um elemento-sombra para todos os elementos em funções.20 de Março•Reunião do Movimento na Parede. Perante a determinação do Movimento e a intransigência do Governo, conclui-se pela probabilidade de triunfo de um movimento militar razoavelmente organizado. Foi decidido: - Elaborar um plano de operações viável, cuidado e tão completo quanto possível.- Escolher em todos os sectores da orgânica do Movimento, um elemento-sombra para todos os elementos em funções.22  de Março Reunião de alguns membros do Movimento em casa de Vítor Alves. Presentes elementos dos três ramos das Forças Armadas: Melo Antunes, Otelo Saraiva de Carvalho, Hugo dos Santos, Almada Contreiras, Cunha Lauret. Melo Antunes dá a conhecer a primeira versão do programa político do Movimento, que merece a aprovação de todos os presentes. Devido à sua partida para os Açores, entrega o documento a Vítor Alves, para o trabalhar com o gabinete escolhido para o efeito. Combina ainda com Otelo Saraiva de Carvalho um telegrama em código que o informe do início das operações.28 de Março •Marcelo Caetano na sua última «Conversa em família» assume um tom premonitório: "fica-me a tranquilidade de ter sempre procurado cumprir diretamente o meu dever para com o país".

Portugal na balança de Abril - Aula n.º 04

PORTUGAL na balança de ABRIL

Aula n.º 04

Dia 20.03.2014 / 21:30 h

Francisco Anacleto Louçã

Curriculum (breve)

  • Nasce em 12 de Novembro de 1956 em Lisboa, onde frequenta os diversos graus do ensino.
  • Em 1991-1992 frequenta e conclui a parte letiva do Mestrado em Economia e Gestão da Ciência e Tecnologia, com a média de 18 valores. Em Julho de 1993 defende uma dissertação de Mestrado sobre. A Transição de 'Paradigma Tecno-Económico' como Fator das Ondas Longas do Desenvolvimento Capitalista - O Caso da Revolução Micro-Electrónica, que é aprovada com a classificação de Muito Bom.
  • Prepara a tese de Doutoramento sob a supervisão do Professor Christopher Freeman, Emeritus Professor da Universidade de Sussex, sob o título “Turbulência na Economia - As Condições Epistemológicas, Teóricas e Analíticas para a Investigação Acerca das Ondas Longas do Desenvolvimento Capitalista”, em Janeiro de 1996. Em Setembro do mesmo ano presta provas de doutoramento no ISEG, tendo sido aprovado por unanimidade.
  • Apresentou-se a provas de Agregação em 1999, com uma dissertação sobre Acoplamento e Ressonância na Análise de Osciladores na Economia: Metáfora, Mecânica e Dinâmica, e com o programa de uma cadeira, "Introdução à Complexidade". Foi aprovado por unanimidade.
  • Membro do Conselho Editorial deEconomia Global e Gestão( desde 1997).
  • Membro do Comité de Lecture daAssociation de Chercheurs de la Revue Lusotopie,CNRS, França.
  • Conselho Editorial deEducação e Sociedade, Campinas, Brasil
  • Conselho Consultivo de Epistème, UTL
  • Referee deEstudos de Economia, The European Journal of the History of Economic Thought e Interjournal, Economic Journal, Cambridge Journal of Economics, Metroenomica, Journal of the History of Economic Thought, American Economic Review.
  • Professor Catedrático do Departamento de Economia do ISEG
  • Cidadão com uma forte intervenção cívica e política.
­